HOME LIVRARIA REVISTA SECRETARIADO CADERNOS

.

Difusora Bíblica - home page
.

 

 

MARCOS: este Homem era Deus (Lopes Morgado)

MARCOS

Este Homem era Deus

Lopes Morgado

Este livro é o seu companheiro permanente de todos os Domingos e Festas ao longo do Ano Litúrgico B, cujo evangelista principal é S. Marcos.

Neste livro, pode encontrar:

- Indicação das leituras bíblicas do dia.

- Texto completo do Evangelho, na versão litúrgica, e breve comentário para melhor entender o seu sentido original bíblico.

- Texto de reflexão com base nas três Leituras do dia, o qual, além de fazer uma ligação da sua mensagem à vida do homem de hoje, pode servir como: suporte para uma introdução à própria celebração do grupo ou da grande assembleia (diaporama), admonição inicial à Eucaristia do Domingo ou Festa, ambientação do Encontro de grupo ou síntese final antes do momento do compromisso ou da despedida.

- Textos do Magistério da Igreja sobre o Homem e sobre Cristo Redentor do Homem, para estudo, reflexão e acção.

- Outros textos sobre os mesmos temas, em prosa ou em verso, com destaque para os autores portugueses.

- Pequenas biografias de crentes que marcaram a caminhada da História da Humanidade com o seu testemunho e compromisso cristão.

- Muitas textos de oração, com especial relevo para escritos e orações dos primeiros cristãos, mais próximos do anúncio original da BOA NOVA de JESUS CRISTO.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

^

top

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 BÍBLICA - Nº 359 - Julho / Agosto '2015

.

.

.

.sumário

SITUAR a palavra

Tempo de mártires

Manuel Rito Dias > manuel.rito@gmail.com

ESTUDAR a palavra

Ler a Bíblia, “hoje” – alguns riscos

Domingo Montero | Diretor da revista “Evangelio y Vida”

CELEBRAR a palavra

Salmo 120: “Clamei ao Senhor...”

Manuel Rito Dias > manuel.rito@gmail.com

Leituras bíblicas de agosto e setembro

Lopes Morgado > lopes.morgado@gmail.com

"Setenta vezes sete" (cântico)

Acílio Mendes > freiacilio@gmail.com

SECÇÕES

ACTUALIDADE

O sofrimento do justo

José Manuel Martínez | director da revista “Tierra Santa”

60 ANOS DEPOIS

História de uma árvore, pelos seus frutos

Lopes Morgado > lopes.morgado@gmail.com

DE ONTEM PARA HOJE

Palmira em poder da barbárie?

José Manuel Martínez

MOVIMENTO BÍBLICO

Ações bíblicas 2015

DE SICAR A JERICÓ

Precisamos de olhos sãos e luminosos

António Marujo | jornalista

EVANGELIZAÇÃO

Purificar ou evangelizar a “piedade popular”

Frei Vítor Arantes

CRÓNICA

O último pastor do planalto

César Pinto > cesarppp@gmail.com

 

VIDA CONSAGRADA

O missionário que caiu de pára-quedas no jornalismo

António Marujo | jornalista

NOTÍCIAS

Do mundo bíblico

João Santos Costa > joaostct@gmail.com


Dossiê

Os novos mártires

 

O silêncio do Ocidente

José Manuel Martínez

«É preciso acabar com a hipocrisia do Ocidente»

S. B. Yusif III Yunán | Patriarca sírio católico

Ser cristão em países muçulmanos

Mons. Bashar Matti Warda | Arcebispo caldeu de Irbil, Iraque

«Medo, terror e destruição por todos os lados»

Carlo Giorgi

«É fundamental estar na Síria»

Andrea Avveduto

 

.

 

Estatuto Editorial

 

  1.

 

A revista BÍBLICA é uma publicação bimestral que tem por objectivo a iniciação e formação permanente dos leitores no livro da Bíblia.

  2.

 

 

Enquanto meio de comunicação social, a revista BÍBLICA orienta-se pelos valores deontológicos do sector e deseja promover a dignidade de todas as pessoas à luz da Carta Universal dos Direitos Humanos e da Constituição Política Portuguesa.

  3.

 

 

 

Como propriedade da Ordem dos Franciscanos Capuchinhos, a revista BÍBLICA, no “espírito de Assis”, estima todas as criaturas como irmãs. Por isso, compromete-se na preservação da natureza, na promoção das condições para uma vida humana em qualidade e no respeito pelas outras religiões.

  4.

 

 

 

A revista BÍBLICA assume-se como o lugar onde a Bíblia se faz vida, ao traduzir em linguagem de hoje a palavra humana da Bíblia, para melhor captar os contextos culturais subjacentes à sua escrita e, através deles, ajudar a entender e viver a sua mensagem.

  5.

 

 

 

Portuguesa e editada em Portugal, a revista BÍBLICA destina-se prioritariamente aos falantes da Língua Portuguesa – quer aos cidadãos de Portugal a viver neste País ou emigrantes em todo o mundo, quer aos leitores dos Países de Língua Oficial Portuguesa. Mas, como o Evangelho, mantém-se aberta ao mundo inteiro, auscultando e relendo os acontecimentos e sinais do nosso tempo à luz da História da Salvação.

  6.

 

 

 

 

A revista BÍBLICA tem consciência de prestar um serviço público à cultura, pois se ocupa de um livro universal que ultrapassa as fronteiras religiosas. E sendo o único meio de leitura habitual de muitos assinantes, contribui igualmente para a informação e a tolerância nas famílias, com base em valores que constituem a matriz da Europa e da identidade ocidental.

  7.

 

 

A revista BÍBLICA não beneficia de quaisquer apoios económicos do Estado, incluindo o Porte Pago. Sendo suportada apenas pelos seus Assinantes e Amigos, quer manter com eles uma relação de fidelidade e justiça, procurando servir-lhes um produto credível a todos os níveis.

   

Fátima, 25 de Fevereiro de 2005

 

 

 

 

.

 

 

ASSINATURA

 

Portugal: 10,00 €

Europa, Macau, Guiné Bissau, S. Tomé e Príncipe: 14,50 €

Países fora da Europa: 17,50 €

 

Assinante de Benfeitor

 

Qualquer quantia superior à indicada

para a respectiva assinatura

 

Pagamento

 

Adiantado, no início de cada ano, em nome da Difusora Bíblica

 

Pagamento por transferência bancária

 

Banco SANTANDER-TOTTA (Fátima / Portugal)

NIB: 0018 0003 37573862020 67

IBAN: PT50 0018 0003 37573862020 67

BIC/SWIFT CODE: TOTAPTPL

[envie-nos o comprovativo]

 

Administração e Redacção

 

Administrador: Fr. Luís Manuel Novais Leitão

Rua S. Francisco de Assis, 160

Apartado 208

2496-908 FÁTIMA (Portugal)

Tel. 249 530 210

Telemóvel: 926 261 459

Fax 249 530 214

Av. Cons. Barjona de Freitas, 12

1500-204 LISBOA (Portugal)

Tel. 21 7742445

Telemóvel: 926 261 457

Fax 21 7782371

 

Endereço electrónico

 

 

 difusora@difusorabiblica.com

 

.

.

.

Estudos bíblicos de Fr. Herculano Alves

 

Fr. Manuel Rito

Director da revista 

«BÍBLICA»

Fr. Manuel Rito, Director da revista BÍBLICA

.

Tempo de Mártires

Quando se fala em Tempo dos Mártires, habitualmente recua-se até à época dos imperadores romanos, do coliseu e das catacumbas. Porém, «hoje há mais testemunhas, mais mártires na Igreja do que nos primeiros séculos. Há tantos mártires na Igreja, quantos cristãos perseguidos. Pensemos no Médio Oriente, cristãos que têm que fugir das perseguições, cristãos assassinados pelos seus perseguidores», disse o papa Francisco na homilia de 30 de junho de 2014.

Existe uma lista de países onde a liberdade religiosa é condicionada, limitada ou mesmo impedida. Estes países são classificados segundo o grau de pressão ou violência exercida sobre os crentes. A Coreia do Norte continua a ser o lugar mais difícil do mundo para praticar o cristianismo. A seguir vêm a Somália, o Iraque, a Síria, o Afeganistão, o Sudão, o Irão, o Paquistão, a Eritreia e a Nigéria.

Nunca foi fácil para os cristãos viverem num país muçulmano. Essa dificuldade agravou-se nos últimos anos. Sobretudo no Iraque e na Síria, o pretenso “Estado Islâmico” procura seletivamente os cristãos como alvo preferencial da intolerância religiosa e da violência.

A Europa olha para estas vítimas do “EI” apenas numa dimensão de estratégia geopolítica e fecha os olhos às violações da liberdade religiosa e mesmo de perseguição sistemática ao cristianismo.

Recentemente, a Santa Sé mostrou junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), na Áustria, a sua preocupação pelos crescentes atentados à liberdade religiosa na região. Nesse sentido, a delegação do Vaticano exortou os 56 países que integram a OSCE para «que atuem contra este género de crimes e protejam as comunidades cristãs presentes nos seus territórios».

Também agora, a maior parte dos mártires que dão este testemunho heróico ficam no anonimato: ou porque atinge pessoas e grupos de sociedades periféricas em ambientes remotos, ou porque se trata de factos considerados irrelevantes para os meios de comunicação social. Por isso ficam perdidos nas agendas das ambiguidades e dos assuntos secundários dos parlamentos e governos.

«Sangue de mártires» – oxalá, também agora, continue a ser «semente de cristãos».

[in: «BÍBLICA», nº 359

.

Revista BÍBLICA - números anteriores

Consulte os números anteriores

VISITE, EM FÁTIMA

 

MUSEU DO

PRESÉPIO

Museu do Presépio (Capuchinhos - Fátima)

© 2000-2015 Difusora Bíblica - Todos os direitos reservados